AS CARTAS CIGANAS

Convido você a entrar em contato com As Cartas Ciganas. Venha fazer um curso comigo, online ou presencial. 

SOL NASCENTE é um baralho temático sobre a cultura e a arte japonesa, foi confeccionado por José Fernando Martins de Oliveira.


Está disponível para venda na aba da LOJA, custa R$ 50,00 + frete. 


CARTA 01 - O CAVALEIRO
O cavaleiro é destemido e tem a ousadia dentro de si, tem o impulso necessário para ser um empreendedor e ir em busca do que quer. Ele não recua diante dos obstáculos ou dos caminhos desconhecidos, logo é o "senhor de sua montaria", exatamente como os Cavaleiros da Távola Redonda.

O cavaleiro, por se um mensageiro, sempre traz alguma coisa, seja boa ou ruim, logo significa que algo está a caminho. Algo está entrando na sintonia do consulente.

É uma carta de movimento e como um bom mensageiro representa o Exu, que é o próprio movimento da vida.



CARTA 02 - O TREVO 

Em nossa vida sempre vamos encontrar algumas pedras pelo caminho. Os problemas surgem para que os enfrentemos de frente, pois somos capazes de superá-los.

Esta carta representa os pequenos obstáculos, os pequenos problemas (de fácil solução), os empecilhos que surgem para testar e aumentar a nossa força de vontade e determinação em prosseguir.

O lado positivo está em pedir ajuda aos amigos, pois a mesma está a disposição do consulente, que deve estar aberto para aceitar a generosidade do próximo. 



CARTA 03 - O NAVIO

A função de um navio é fazer viagens e mudanças externas, ou seja, o deslocamento físico. Um navio também busca novos horizontes, o que deve ser a ação do consulente, no sentido de dar um novo rumo à trajetória de sua existência. Lembra dos desbravadores do mar? Pedro Alvares Cabral, Cristóvão Colombo e tantos outros buscaram novas terras.

O navio leva algo ou alguém embora, saindo da sintonia do consulente e que certamente vai deixar saudades, logo também é uma despedida, o que representa uma adaptação a nova realidade.

É uma carta de movimento e representa Yemanjá ou Nossa Srª da Conceição, por isso aconselha a limpeza emocional, pois quando tomamos um banho de mar, nos sentimos renovados. E encara a vida como uma longa viagem cheias de possibilidades

CARTA 04 - A CASA 
A casa (ou edificação) representa o ambiente onde se mora, se estuda, se trabalha ou o ambiente religioso.

Pode ser a casa interna do consulente, pois toda casa representa estrutura, solidez e equilíbrio. Por isso mostra um lado racional para que o próprio equilíbrio seja mantido.

É uma carta parada e no negativo indica rigidez na personalidade do consulente.

Para alguns cartomantes esta carta representa a família ou o lar seguro. Mas para mim não tem esta conotação.


CARTA 05 - A ÁRVORE
A árvore tem raízes que crescem primeiro, antes de gerar frutos, portanto há um crescimento lento, porém com base. Significa progresso, prosperidade, fertilidade.

Representa, inclusive, a família, por causa de árvore genealógica.

Também significa saúde, por ser Oxossi (ou São Sebastião) o orixá desta carta, ou seja, a cura através da ervas frescas das florestas.


CARTA 06 - AS NUVENS
Uma nuvem escura significa o que está nebuloso: dúvidas, incertezas, ansiedades, ilusões, fantasias, confusão de sentimentos, preocupações, instabilidade mental. É o que não está claro.

Indica uma crise, porém passageira, pois a recuperação virá rápida, assim que os ventos da confusão passarem.

As nuvens estão sempre em movimento, logo é uma carta de movimento.

Esta carta representa a orixá Iansã (ou Santa Barbara), dos ventos e das tempestades.


CARTA 07 - A COBRA
A cobra é sempre um sinal de perigo, pelo seu veneno, pois ataca com o bote. Significa a traição, brigas, intrigas, discórdias, maledicência e desarmonias.

A cobra também representa a sexualidade (kundalini) do consulente e a maneira como ele a expressa.

Outro aspecto é a auto-sabotagem (medo e insegurança que paralisam) e a necessidade de defesa.

É o orixá Oxumaré quem representa esta carta.

Carta de alerta: Cuidado com fraude, trapaça, mentira e ameaça.



CARTA 08 - O CAIXÃO

A vida é feita de ciclos que se iniciam e se encerram, portanto esta carta significa a renovação, o renascimento (não a morte física) após um novo aprendizado, logo as transformações internas, profundas e necessárias que o consulente precisa se deparar. Com isso traz nova etapa que será cumprida com o aprendizado já conquistado.

O caixão representa o mundo interior do consulente, são as mudanças de valores, a quebra de padrão de comportamento, é o aprendizado interno.


CARTA 09 - AS FLORES
As flores sempre alegram uma pessoa e enfeitam um ambiente. Esta carta simboliza as alegrias, o contentamento, a satisfação e o entendimento entre as pessoas. Mostra as coisas boas no lado afetivo e indica namoro também.

Simbolicamente, o ramalhete de flores é a imagem da perfeição espiritual, logo representa a Cigana Espiritual do(a) consulente(a).

E representa a orixá Nanã ou Santana.



CARTA 10 - A FOICE

A função de uma foice é cortar e separar, a saber:

1) cortar: esta carta representa o rompimento, a interrupção, a separação, o término e o corte.

2) Separar: esta carta também representa as decisões a serem tomadas, logo as escolhas, pois separa o joio do trigo.

O orixá que representa esta carta é Omulú ou São Lázaro.

Carta de alerta: Hora de decidir: fazer ajustes ou terminar uma relação.




CARTA 11 - O CHICOTE

O chicote significa a energia criadora, por tratar-se de uma ferramenta de poder. O cavaleiro manipula o chicote para estar no comando e no controle da situação quando faz o cavalo andar ou galopar, conforme o momento em que está vivendo. Indica a necessidade de exercer o poder pessoal para concretizar os desejos.

Também significa a necessidade de se dedicar a algo, com rédeas curtas, ou seja, se esforçar para atingir os objetivos, correr atrás do que se quer, ter empenho para obter êxito.

A magia e o poder pessoal (poder de persuasão) também são indicados por esta carta e a conseqüente intenção ou força da mente que é utilizada para se concretizar os objetivos.

Porém a influência externa é demonstrada aqui, é a presença de energia maléfica atuando na vida da pessoa ou um feitiço feito na inteção de quebrar as defesas e a harmonia individual. são as más companhias no astral, ou melhor, os obsessores, daí a importância do consulente melhorar o seu padrão vibratório, pois só assim essas influências serão desfeitas.



CARTA 12 - OS PÁSSAROS

Esta carta é a única onde consta duas figuras: dois pássaros ou duas corujas ou dois pombos. Portanto indica namoro, romantismo, carinho.

É uma carta espiritual, pois nos remete a fé e a paciência, ou seja, a necessidade de deixar as coisas acontecerem, logo a necessidade de esperar, com confiança em si mesmo e na vida.

Outro significado é o abrir as asas para alçar vôo, é a expansão, é o pensar alto.


CARTA 13 - A CRIANÇA

Para uma criança tudo é novo e os acontecimentos representam novidades e jovialidade.

Esta carta significa a infância e os filhos. Também simboliza a criança interior e a postura de se estar aberto (receptivo) perante a vida.

Representa a necessidade de flexibilizar numa determinada situação, pois o radicalismo impede o fluxo natural da energia e tende a estagnação.

Um outro significado é a ingenuidade ou a inocência, principalmente em situações que exijam atenção e percepção para que o consulente não seja deixado de lado nem passado para trás por pessoas maliciosas.

Outro aspecto é a imaturidade e a irresponsabilidade, pois a vida traz situações onde o aprendizado e a evolução são necessários, para se quebrar um padrão de comportamento.

Esta carta representa o Erê.



CARTA 14 - A RAPOSA

A raposa ouve muito bem, é silenciosa e é observadora, usa a cautela e a estratégia como precaução. A raposa é inteligente e aproveita as oportunidades que a vida oferece, por isso ela presta atenção em tudo, antes de agir.

Também representa a feminilidade, o charme e a sedução de uma mulher.

Outro significado é "a outra ou o outro" numa infidelidade conjugal. Representa a Pomba-gira.

Carta de alerta: Atenção para não cair numa armadilha ou emboscada.


CARTA 15 - O URSO

Esta é uma carta polêmica, pois alguns livros dizem que é a pior carta do baralho. Porém, ela tem vários significados, a saber:

1) O urso abraça e finca as suas garras, quando vai matar a sua presa, logo significa a falsidade, a inveja, o ciúme, a agressividade, o despeito, o mau caráter, o mau conselho. São os amigos ursos, Geralmente ela se manifesta na área profissional, embora esteja presença em vários setores da nossa vida.

2) Maternidade: Nenhum animal enfrenta uma mãe ursa. Só o grito dela afasta qualquer predador de seu filhote. Logo, representa a maternidade ou o lado materno de uma pessoa.

3) O urso hiberna no inverno, em tempos difíceis. A hibernação é o estar isolado na toca. Depressão, tristeza, reclusão, estar fechado, desistência, auto-abandono. Pode ser a tendência da pessoa ou um momento para se recuperar de alguma experiência desgastante.

4) Os ursos são uns dos maiores produtores de feromonios do reino animal, por isso eles andam quilômetros seguindo o rastro da fêmea. Representa o bom entronsamento (a química) sexual entre um casal.

Carta de alerta: Cuidado com algum rival e cuidado para não entrar em depressão.


CARTA 16 - A ESTRELA

Foi uma estrela quem conduziu os três Reis Magos até Jesus. A luz da estrela rompe a escuridão da noite.

Dizem que a estrela é a conversa entre Deus e o homem, através dos anjos que nos acompanham e é a luz espiritual, pois nunca estamos sozinhos e há uma mão invisível que nos aponta a melhor direção, portanto devemos confiar na nossa própria intuição e na providência divina, mas depende de nós querermos ou não trilhar o caminho indicado.

Esta carta nos remete a necessidade da contemplação e a presença da inspiração e criatividade na vida de uma pessoa, principalmente dos artistas. Significa a Intuição (para atingirmos os nosso objetivos ou sonhos) e a Proteção Espiritual que sempre nos acompanha. Por isso devemos acreditar em nossa luz, em nosso brilho e na própria capacidade pessoal.

Também significa a saudade, pois lembramos de alguém quando vemos alguma estrela no céu.


CARTA 17 - A CEGONHA

A cegonha é considerada uma ave de bom agouro, pois traz a surpresa e o inesperado, pois nunca sabemos se virá um bebê ou não. Se é menina ou menino, se são gêmeos ou não. Esta carta representa o imprevisto, a novidade, o que chega de uma forma inesperada. Daí a necessidade de vivermos no agora de uma forma inteligente, sem pressa ou ansiedade.


CARTA 18 - O CÃO

O cão é o melhor amigo do homem e o cavalo é o melhor amigo de um cigano.

Seu comportamento é de fidelidade, companheirismo e lealdade. Nos aceita, nos entende e nos apoia, pois inspira confiança. E, além do mais, não pede nada em troca.

Um cão ou um amigo sempre nos oferece ajuda e proteção.

Também indica a amizade desinteressada e a necessidade de ter amigos ou de ter uma vida social para que uma pessoa possa se sentir bem.


CARTA 19 - A TORRE

As donzelas da idade média ficavam isoladas nas torres dos castelos, esperando os seus amores voltarem das lutas e se sentiam sozinhas em suas tristezas ocultas, sofriam a dor, o luto e a melancolia.

A torre simboliza o isolamento necessário para a meditação, para a oração e para o silêncio. É a necessidade de entrar em contato com o Eu Interno e para promover a elevação espiritual. É o momento propício para a própria observação, para o autoconhecimento, e o autocontrole sobre si mesmo.

Esta carta representa o destino, o karma, o que é necessário (e inevitável) acontecer na vida de uma pessoa.

Também é uma carta espiritual, pois propicia a elevação da alma até Deus, uma vez que a torre está em contato direto com o céu.


CARTA 20 - O JARDIM

O jardim é um lugar onde plantamos e colhemos, logo exige o nosso cuidado e atenção. Se não plantamos, não colhemos nada, então é o retorno dos nossos esforços empregados. É o mérito e o reconhecimento das nossas ações.

Às vezes é o nosso jardim interno que precisa ser cultivado.

Também indica namoro, pois as pessoas apaixonadas gostam de estar juntas num lugar bonito e aproveitam para ter lazer, fazer um pic-nic e apreciar bons momentos.

O orixá desta carta é Ossaê.


Uma montanha é grande, é alta, oferece riscos e representa um grande desafio para ser alcançada ou ultrapassada. Não é fácil escalar uma montanha, requer muita coragem e gera muita aflição.

Esta carta representa a justiça (terrena ou divina) e todo o seu universo, processos judiciais, heranças, disputas legais, leis, procurações e papeladas.

Que bom seria se todos pudessem administrar suas vidas com justiça e retidão. É justo agir com bom senso e assumir a responsabilidade sobre os próprios atos, como é justo ser verdadeiro consigo mesmo e com o próximo.

É uma carta parada e também significa um grande problema, pois não é nada fácil atravessar uma montanha. Como não é fácil 'carregar' uma montanha nas costas.

O orixá desta carta é Xangô ou São Jerônimo.


CARTA 22 - OS CAMINHOS

Esta carta significa a estrada da vida, os caminhos a serem percorridos. Os caminhos sempre nos indicam caminhar na rota conhecida ou nos aventurarmos por um novo atalho. É a possibilidade de explorar novos territórios e descobrir coisas novas.

Esta carta representa os caminhos abertos, sem obstáculos, onde encontraremos uma certa facilidade, mas depende de nós caminharmos com uma nova postura, de peito aberto e confiantes no roteiro que fizemos antes de começar a caminhada.

O orixá desta carta é Ogum ou São Jorge.


Esta carta representa o furto, o roubo, o prejuízo, a doença, a perda, a miséria e o desgaste (físico, emocional, mental e energético).

Porém, o rato é um animal persistente que não desanima e vai atrás do queijo, quando alguém muda a posição do mesmo. Logo, também significa a persistência que devemos ter numa situação.

Carta de alerta: Cuidado com o ladrão, pois ele pode roubar o teu diheiro, a tua alegria ou a tua paz, como ele pode roubar a tua energia.


O simbolismo desta carta é universal, pois representa o amor e a afetividade, a compaixão e a solidariedade. Indica os sentimentos nobres, o entusiasmo, o romantismo, o colorido da vida, a ternura e o carinho. É aqui que reside o calor humano.

Também pode significar o coração físico do consulente ou de alguém.


CARTA 25 - AS ALIANÇAS

O anel é outro símbolo universal de união e reconciliação, cooperação e apoio de pessoas que se unem para atingir objetivos que não poderiam ser alcançados de maneira isolada.

Representa os vínculos, os acordos, os elos e as alianças que fazemos, sejam afetivas, familiares, profissionais e sociais.

Significa o compromisso, as associações, as parcerias, as uniões conjugais, laços afetivos, sociedades comerciais e relações de amizades.


O livro representa o esforço intelectual, logo os estudos e as pesquisas; 0 trabalho ou o investimento.


Resumindo, esta carta simboliza o lado profissional ou estudantil do consulente.

Também significa a necessidade de se guardar um segredo, ser discreto e ficar calado, pois ninguém lê o que está num livro fechado.

CARTA 27 - A CARTA

Uma carta sempre traz notícias, convites, propostas, um desabafo ou um diálogo. A carta proporciona o contato entre as pessoas, seja pessoalmente ou via telefone, sms, e-mail, facebook ou msn.

Também signfica a comunicação, a necessidade de se expor com clareza ou a divulgação de um trabalho. Logo, reflete o momento da autorevelação.


As próprias Cartas Ciganas trazem uma mensagem de aconselhamento ou orientação espiritual.


Na minha opinião, o mal da humanidade é a comunicação, pois as pessoas se calam (engolem sapos), não se expressam com harmonia ou se expressam de uma maneira muito agressiva. Eu sempre aconselho um esforço na melhoria da comunicação. Mas isso também implica em dar espaço para o outro se colocar, ou seja, devemos aprender a ouvir o outro com atenção e carinho.



CARTA 28 - O HOMEM 

Esta carta significa a polaridade yang, o lado positivo, ativo e racional, representa o consulente homem ou qualquer energia masculina. Pode ser o pai, o marido, o irmão, o chefe, o vizinho, o amigo.

Nota: o sexo oposto é sempre o parceiro (a) no caso do consulente ser gay.



CARTA 29 - A MULHER

Esta carta significa a polaridade yin, o lado negativo, receptivo e emocional, representa a consulente mulher ou qualquer energia feminina. Pode ser a mãe, a esposa, a irmã, a chefe, a vizinha, a amiga.

Nota: o sexo oposto é sempre a parceira, no caso da consulente ser gay.



CARTA 30 - OS LÍRIOS

O lírio sempre foi visto como o símbolo da pureza e é uma das flores mais antigas do mundo. O lírio é relacionado à Virgem Maria, em homenagem à sua pureza e, talvez por esse motivo, seja muito usado em buquês de noiva e em festas religiosas.

Esta carta representa as virtudes como a paz interior, a tranqüilidade, a serenidade, a pureza, a bondade e a harmonia.

A verdadeira paz espiritual é uma conquista pessoal, exigindo esforço, dedicação e procura.

Representa o orixá Oxum ou Nossa Srª da Aparecida.

O sol é a fonte da luz, do calor e da vida e seu raios representam as influências celestes ou espirituais recebidas pela terra.

Significa vitalidade, força, energia vital, sucesso, clareza e brilho intenso.

Também pode significar a luz interna, a essência divina do consulente, ou seja a alma.

É sempre positiva por expressar a autorealização e anula o negativo.

Representa o orixá Oxalá ou Jesus Cristo.

CARTA 32 - A LUA

Esta carta significa a emoção ou a carga emocional do consulente, daí a necessidade de estarmos atentos ao nosso mundo interior.

A lua tem 4 fases e cada fase representa um aspecto, a saber:

1) A lua Nova é o que está no começo, algo que está se iniciando ou a renovação das energira. Quais são as emoções que surgem? Qual é a expectativa? Como conduzimos a ansiedade? Como lidamos com o novo?

2) A lua Crescente é o que precisa ser desenvolvido ou o que está em desenvolvimento, prospera qualquer investimento. As emoções também crescem com o envolvimento das pessoas. Temos maturidade emocional para enfrentar as situações? Estamos dispostos a crescer com os acontecimentos ou queremos permanecer na infantilidade e desistir no primeiro tropeço?

3) A lua Cheia é o ápice, é o limite máximo, é a plenitude da maturidade. Estamos nos entregando totalmente, conforme as nossas emoções nos indicam? Ou escondemos os nossos sentimentos por medo de nos expor ou de nos machucar?

4) A lua Minguante é o que precisa acabar e a necessidade de deixar partir, é neste ponto que precisamos do desapego para haver renovação, pois vivemos no mundo da impermanência, onde nada é eterno. Como lidamos com os ciclos que se encerram? Nos sentimos desnorteados, abandonados e fracos? Ou levantamos a cabeça e seguimos a diante, prontos para um novo ciclo de vida?

Se prestarmos atenção no nosso corpo e nas nossas emoções chegaremos a conclusão que os ciclos da vida são assim, uma situação se inicia, se desenvolve, atinge a plenitude e se desfaz. E em cada fase do ciclo as nossas emoções nos mostram o que é confortável ou não e o que devemos aprender. Por isso o ideal é que estejamos sempre atentos na forma como nos sentimos e posteriormente como nos comportamos.

Para alguns oraculistas, a lua representa o reconhecimento, a intuição (o lado sutil) e o lado feminino. É o que está oculto, pois muitas vezes a lua nem aparece no céu. Mas para mim é apenas o lado emocional e nada mais.


CARTA 33 - A CHAVE

A chave sempre abre ou fecha portas, portanto é o livre arbítrio do consulente, pois é ele quem vai decidir usar ou não a chave que possui nas mãos.

Também significa a saída para os problemas, a busca de soluções e como o consulente vai agir diante das soluções encontradas, ou seja, o que depende exclusivamente do consulente.

Esta carta representa o Cigano Espiritual do Consulente.


Na china os peixes significam dinheiro, negócios e bens materiais.

Esta carta representa a vida material ou financeira do consulente. Indica lucro (multiplicação) em novos empreendimentos e que o empenho na atividade profissional será recompensado.

Também simboliza a intensidade e a fartura numa determinada questão.


CARTA 35 - A ÂNCORA

A âncora estabiliza as embarcações, dá firmeza e sustentação para que as mesmas não fiquem a deriva. Portanto, significa solidez e segurança.

Esta carta representa o porto seguro, pois oferece firmeza e estabilidade.


Por outro lado, também significa a acomodação, o conformismo, a estagnação e o que está emperrado, pois também é uma carta parada.



CARTA 36 - A CRUZ

Na Cruz se juntam o céu e a terra; nela se confundem o espaço e o tempo. É a ponte entre dois mundos: o material e o espiritual.

Esta carta significa as vitórias e as conquistas após um período de luta sobre os obstáculos, espera e sofrimento do consulente.

É a glória conquistada pelo sacrifício. É a superação das dificuldades através da fé. É a vitória após um trabalho árduo, mas sempre com a orientação divina. É o triunfo, pois a alma é eterna e somos a centelha divina.

Representa, inclusive, o desencarne, a morte física, afinal Jesus morreu na cruz. Mas não temos o direito de anunciar a morte de alguém, pois as pessoas ainda se sentem despreparadas para assimilar a mudança de dimensão que todos nós, um dia, vamos passar.

Também significa Preto-Velho.